Ir para o conteúdo

Vale Real
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Legislação
ARRASTE PARA VER MAIS
LEGISLAÇÃO
Texto Compilado sem alterações
Texto Compilado
Texto Original
Vínculos
INTERAÇÃO
Anotação
Marcação
BUSCA
Expressão
EXPORTAÇÃO
Código QR
Baixar
Compartilhar
COLABORE
Reportar Erro
QRCode
Acesse na íntegra
LEIS Nº 358, 30 DE SETEMBRO DE 1999
Alterada

Lei Municipal N.º 358/99, de 30 de Setembro de 1999.



CRIA A JUNTA ADMINISTRATIVA DE RECURSOS DE INFRAÇÕES - JARI - E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.



SÉRGIO LUIZ BARTH, Prefeito Municipal de Vale Real, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais e atendendo ao disposto na Lei Orgânica Municipal, FAÇO SABER que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte



L E I :



Art.1º- Fica criada a Junta Administrativa de Recursos de Infrações - JARI, órgão colegiado responsável pelo julgamento dos recursos interpostos contra as sanções impostas pelo Município, em cumprimento a sua competência disposta no Código de Trânsito Brasileiro - CTB.


Parágrafo Único: A JARI analisará os processos administrativos de sua competência, decidindo sobre os recursos oferecidos contra sanções impostas no trânsito, dando ciência da decisão ao recorrente e ao Prefeito Municipal.


Art.2º - A JARI será composta de 03 (três) membros, a saber:


I - um servidor do Município indicado pelo Prefeito Municipal, que a presidirá;


II - um representante da Ordem dos Advogados do Brasil/Seção RGS;


III - um representante da Secretaria de Administração.


§ 1º - Cada membro da JARI possuirá suplente, indicado pelo respectivo órgão.


§ 2º - Após a indicação, os membros da JARI e seus suplentes serão nomeados por Portaria do Prefeito Municipal, com mandato de duração de 01 (um) ano, vedada a recondução.

§ 2º - Após a indicação, os membros do JARI e seus suplentes serão nomeados por Portaria do Prefeito Municipal, com o mandato de duração de 03(três) anos, podendo os mesmos serem reconduzidos por igual período.

(Redação dada pela Lei n° 507/02 de 03 de Junho de 2002)


§ 3º - É requisito para integrar a JARI, o conhecimento prévio da legislação de trânsito.


§ 4º - Cada membro da JARI fará jus ao recebimento de JETON, no valor de R$ 25,00 (vinte e cinco reais) por seção.


Art.3º - O Município será responsável pela infra-estrutura da JARI, tomando todas as providências que se fizerem necessárias ao seu bom funcionamento.



Art.4º - As despesas decorrentes desta Lei, ficam sob a seguinte classificação:


Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos

3.1.3.2.- Outros Serviços e Encargos

Despesa 1007 - Atividade 2020


Art.5º - A JARI somente poderá deliberar com a totalidade de seus membros.


Art.6º - Caberá à JARI criar seu regimento interno, segundo as diretrizes do Conselho Nacional de Trânsito.


Art.7º - Revogadas as disposições em contrário, esta lei entrará em vigor na data de sua publicação.




GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE VALE REAL, aos trinta dias do mês de Setembro de 1999.




Sérgio Luiz Barth

Prefeito Municipal

Registre-se e Publique-se.





Gabriel Freiberger

Secretário Municipal da Administração


* Nota: O conteúdo disponibilizado é meramente informativo não substituindo o original publicado em Diário Oficial.
Minha Anotação
×
LEIS Nº 358, 30 DE SETEMBRO DE 1999
Código QR
LEIS Nº 358, 30 DE SETEMBRO DE 1999
Reportar erro
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia