Ir para o conteúdo

Vale Real e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Previsão para hoje (domingo, 03 de março)
min 23 ºC max 31 ºC
Redes sociais
Vale Real
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Legislação
ARRASTE PARA VER MAIS
LEGISLAÇÃO
Texto Compilado sem alterações
Texto Compilado
Texto Original
Vínculos
INTERAÇÃO
Anotação
Marcação
BUSCA
Expressão
EXPORTAÇÃO
Código QR
Baixar
Compartilhar
COLABORE
Reportar Erro
QRCode
Acesse na íntegra
LEIS Nº 188, 13 DE JULHO DE 1995
Alterada

Prefeitura Municipal de Vale Real – RS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Lei Nº 188/95, de 13 de julho de 1995.

 

DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE AUXÍLIO A ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

 

Silvério Stroher, Prefeito Municipal de Vale Real, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais. FAÇO SABER que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte

L E I :

Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a conceder auxílio financeiro de 50% (cinquenta por cento) sobre o valor das mensalidades a estudantes universitários residentes no Município há pelo menos três anos, obervado o disposto nesta lei.

Art. 2º - O Benefício previsto no artigo anterior será estabelecido de acordo com o número de vagas nos cursos de graduação contemplados pelo auxílio, conforme quadro que segue:

Curso                                                                         Nº de Vagas

Ciências Jurídicas/Direito                                           01 vaga

Ciências Contábeis                                                     01 vaga

Administração de Empresas                                       01 vaga

Engenharia/Arquitetura                                               01 vaga

Psicologia                                                                    01 vaga

Assistência Social                                                       01 vaga

Bioquímica/Farmácia                                                  01 vaga

Letras                                                                          01 vaga

Matemática                                                                 01 vaga

Ciências                                                                      01 vaga

Estudos Sociais                                                           01 vaga

Belas Artes                                                                  01 vaga

 

Ciências Sociais e Jurídicas                                          01 vaga

Educação Física                                                          01 vaga

Informática                                                                  01 vaga

Enfermagem e Obstétrica                                             01 vaga

Nutrição                                                                      01 vaga

Comunicação Social                                                    01 vaga

PARÁGRAFO ÚNICO: Na vaga aberta para o curso de Ciências, poderão ser contemplados os cursos de Física, Química e Biologia.

(Incluído pela Lei n° 216/96 de 22 de Março de 1996)

Parágrafo Único: As vagas para concessão de auxílios em cada semestre serão determinadas pelo Executivo Municipal.

Art. 3º - Quando houver mais de um interessado para a mesma vaga, o benefício será concedido em função da situação socioeconômica do estudante e de sua família, observados os seguintes critérios:

I – terá preferência na concessão do benefício o estudante que tiver a menor renda própria ou menor renda familiar, considerada a soma de sua renda pessoal à da família que integra.

Parágrafo Único: No caso de estudantes não assalariados ou de famílias que não vivam de renda salarial, a situação socioeconômica será estimada em salários mínimos em função do patrimônio e das atividades desenvolvidas pelos membros da família.

Art. 4º - O Poder Executivo designará comissão a ser integrada por representante da Secretaria Municipal de Educação, representante dos estudantes universitários, representante dos professores, representante do Conselho Municipal de Educação, que terá por atribuição analisar os pedidos de auxílio financeiro a que se refere esta lei, bem como definir os critérios de estimativa da situação econômico-financeira dos interessados de que trata o parágrafo do artigo anterior.

Art. 5º - O Poder Executivo em regulamento a esta lei, estabelecerá a forma de comprovação da renda e documentação exigível para o deferimento do benefício, bom como o período em que estará aberta a habilitação.

Art. 6º - O auxílio não cobrirá os créditos em que o beneficiário houve sido reprovado.

Art. 7º - O beneficiário deverá concluir o curso no prazo máximo de cinco anos, liberando a sua vaga a outro candidato.

Art. 7º - O beneficiário deverá concluir o curso no prazo máximo de sete anos, liberando a sua vaga a outro candidato.(Redação dada pela Lei n° 216/96 de 22 de Março de 1996)

Parágrafo Único: Salvo justo motivo, o beneficiário que suspender o curso sem a anuência do Executivo, além da suspensão do benefício ficará sujeito à devolução do valor recebido.

Art. 8º - Não serão contemplados com o benefício candidatos que já tiveram diploma de conclusão de curso superior.

Art. 9º - O deferimento do benefício de que trata esta lei fica subordinado às seguintes condições:

I – compromisso dos beneficiários de exercer suas atividades profissionais no território do Município pelo prazo mínimo de um ano após a colação de grau;

II – elaboração do Trabalho de Conclusão sobre tema que aproveite à administração municipal ou à comunidade, de forma a contribuir para o desenvolvimento comunitário e social;

III – o beneficiário prestará colaboração sem ônus para o Município sempre que convocados por escrito para serviços ou atividades especiais em programas comunitários desenvolvidos dentro de sua área de atuação, tais como Assistência Jurídica Gratuita, programa de alfabetização de adultos e outros similares.

Parágrafo Único: As obrigações de que trata este artigo deverão ser formalizadas através de Termo de Compromisso.

Art. 10 – Os beneficiários que não cumprirem a obrigação prevista no artigo 9º ficaram sujeitos à suspensão do benefício e devolução dos valores recebidos, com a atualização monetária.

Parágrafo Único: Para garantia da obrigação de restituir prevista neste artigo, na condição de fiadores, os pais, os responsáveis ou ainda terceiros, assinarão o Termo de Compromisso, comprovando idoneidade econômico-financeira.

Art. 11º - O Poder Executivo manterá cadastro atualizado dos beneficiários desta lei velando pelo cumprimento das condições nela previstas.

Art. 12º - Os beneficiários que fixarem residência em outro Município perderão o direito ao auxílio.

Art. 13º - Para a operacionalização do disposto nesta lei, o Poder Executivo celebrará convênio com as instituições universitárias em que os estudantes se matricularem, ajustando a forma e o prazo para o pagamento das mensalidades, no valor correspondente ao auxílio.

Art. 14º - As despesas decorrentes desta lei correrão por conta da dotação orçamentária própria – Secretaria Municipal da Educação e Desporto – 3.2.5.4 – Apoio Financeiro a Estudantes.

Art. 15º - Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação.

 

                                GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE VALE REAL, aos treze dias do mês de julho de 1995.

 

 

Silvério Stroher

Prefeito Municipal

 

Registre-se e Publique-se

 

Adriana Schvade

Secretária Municipal da Administração

* Nota: O conteúdo disponibilizado é meramente informativo não substituindo o original publicado em Diário Oficial.
Minha Anotação
×
LEIS Nº 188, 13 DE JULHO DE 1995
Código QR
LEIS Nº 188, 13 DE JULHO DE 1995
Reportar erro
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia